Vosmecê não acredito que tenha visto um homem resistindo da morte

Sargento Getúlio – romance do escritor brasileiro João Ubaldo Ribeiro, publicado em 1971. Trate-se de uma obra regionalista, que tem como tema o banditismo no sertão e que usa uma linguagem coloquial e repleta de regionalismos, alguns termos sendo criação do próprio autor.

O trecho a seguir é a narrativa dos momentos finais do finado Cavalcanti recordado pelo Sargento Getúlio em viagem de emergência de Paulo Afonso até Aracaju. Gravemente ferido com 26 tiros pelo corpo, Cavalcanti “golfando” sangue consegue chegar vivo a capital de Sergipe, mas toda sua valentia não foi suficiente para resistir da morte.

“Mas veja, quando o homem resiste da morte não tem visagem mais assombrada. Quando o adjutório chega na hora e alcança o homem em vida, se vê-se o peito subir e descer e as bufas da agonia e aquela ânsia e aquela briga e a cabeça se revirando e as mãos se encrespando. Quem nunca viu não sabe o que é. Tem quem diga que a morte é calma. Tem quem diga que dá até paz, como num descanso. Só se fôr depois, porque na hora o sofrente arregala as vistas e se segura no que achar, como quem se segura na vida. E se revira e range os dentes e levanta a cabeça e puxa o ar e busca conversa e espia os lados e fica retado porque todo mundo não está indo com ele e arroxeia os beiços e faz que se senta e se esfrega em tudo e se baba e se bate dos lados e olha duro para as pessoas e dá gofadas e fica com pena dele mesmo e estica as pernas e se treme todo e faz cara de medo e se destorce e faz barulhos e se bufa e se borra e grita e pensa naquilo que nunca fez e pede a Deus nas alturas e chuta o vento e estica a roupa e incha o peito e no fim faz uma força e revira os olhos de modo medonho e dá um arranque para cima e vai embora no seu caminho, que o dia de nós todos vem. A hora de cada um é a hora de cada um.”

Instalação limpa do Mavericks a partir de qualquer HD externo ou pendrive

Se você obtive o OS X Mavericks através da Mac App Store e deseja fazer uma instalação limpa em seu Mac, utilize o passo a passo abaixo.

Vale lembrar que essa técnica de instalação é permitida visto o modelo de licenciamento da Apple. Você pode atualizar qualquer Mac da sua residência. Lembre-se também de fazer seu backup antes de proceder com a instalação, afinal instalação limpa é isso… todo seu conteúdo pessoal, apps e configurações serão apagados. Seu Mac será iniciado como novo seguido das configurações de linguagem, teclado, fuso horário, criação de usuário, etc.

Após o download do app Mavericks na Mac App Store a janela de atualização já ficará ativa para proceder com a instalação, mas não proceda com a instalação – ainda vamos copiar o binário e criar a mídia de instalação no HDD externo ou pendrive.

Conecte o HDD externo ou pendrive que deseja utilizar.
* todo conteúdo do dispositivo será formatado
* capacidade mínima para o pendrive deverá ser de 8GB

Através do Launchpad ou na pasta Aplicativos e Utilitários abra o app Utilitário de Disco. Selecione o volume do HDD externo ou pendrive, na aba Apagar selecione o Formato para Mac OS Expandido (Reg. Cronológico) e no campo Nome altere para Untitled. Clique no botão Apagar.

Após a formatação feche o app Utilitário de Disco e abra o app Terminal que se encontra na mesma pasta de Aplicativos e Utilitários. No app Terminal copie e cole o comando abaixo e em seguida pressione Return (Enter).
* será necessário autenticar com senha

sudo /Applications/Install\ OS\ X\ Mavericks.app/Contents/Resources/createinstallmedia --volume /Volumes/Untitled --applicationpath /Applications/Install\ OS\ X\ Mavericks.app --nointeraction

A cópia do binário e criação da mídia de instalação será iniciado. O processo é demorado, portanto paciência. Ao final uma mensagem de concluído com sucesso será exibido. Feche o app Terminal.

Seu HDD externo ou pendrive estará renomeado para Install OS X Mavericks e pronto para iniciar a instalação do Mavericks. Para isso conecte o HDD externo ou pendrive no Mac que deseja instalar, ligue seu Mac e mantenha pressionada a tecla Option, selecione a unidade externa com as teclas direcionais e pressione Return (Enter).

O Recovery será iniciado. Agora será preciso formatar a unidade de HDD ou SDD do seu Mac, para isso abra o Utilitário de Disco (Disk Utility). Selecione o HDD ou SDD do Mac, na aba Apagar (Erase) selecione o Formato para Mac OS Expandido (Reg. Cronológico) e no campo Nome dê um nome para o volume (pode ser Macintosh HD). Clique no botão Apagar (Erase). Após a formatação feche o Utilitário de Disco clicando em seu nome na barra superior e escolha Sair (Quit).

De volta a tela de Recovery basta selecionar a opção Reinstall OS X e clique no botão Continue. Agora basta seguir as instruções na tela para instalar o Mavericks na unidade HDD ou SDD do Mac que acabou de formatar.

Cansado também de jogar Donkey Kong na tela do seu iPad? Liga o Bluetooth e usa o DualShock 3 do PlayStation

Seguindo a mesma idéia do post anterior, que explico como utilizar o controle DualShock 3 do PlayStation no Mac, e você que tem um iPad com Jailbreak, não pense duas vezes para aproveitar a experiência de jogar com um controle os games clássicos através de emuladores no tablet da maçã. Jogar com um controle físico faz toda a diferença!

É notável que sou fã da serie Donkey Kong Country para Super Nintendo. No Mac utilizo o emulador Snes9x versão 1.53 e no iPad não poderia ser diferente, utilizo o Snes9x EX versão 1.5.12 encontrado facilmente no Cydia. O emulador no iPad cumpre o prometido e roda os títulos lançados para SNES sem engasgos. Para movimentos simples durante o jogo os controles na tela respondem com precisão. O grande problema está na pegada do tablet na hora de jogar pra valer, durante o jogo é difícil pressionar dois botões com o polegar na tela (quem jogou Donkey Kong Country entende a necessidade de caminhar e não soltar o barril e de pular com mais impulso nos botões Y+B). Pronto, e aí entra o controle DualShock 3 do PlayStation para solucionar o problema.

Além do controle de PlayStation o Snes9x EX suporta iCade, Wiimote (controle clássico) e Wii U Pro. E ao contrário de outros tutoriais, se for utilizar o controle do PlayStation somente para o emulador mencionado *não* é preciso comprar no Cydia o tweak chamado “Blutrol”. Não testei o controle do PlayStation em outros emuladores para iPad. Recomendo uma pesquisa detalhada, mas acredito que não será difícil e nem impossível (Sega Genesis ou simplesmente Mega Drive me aguarde! Sonic the Hedgehog também tem lugar na minha nostalgia).

Deixando de lado tantos detalhes, vamos configurar logo esse DualShock 3 para Snes9x EX no iPad que a vontade de jogar é grande:

  1. Faça o download para Mac do SixPairMac-v1.0.zip. Extraia o arquivo e execute o app. Conecte o controle do PlayStation (utilizando um cabo Mini-B) a uma porta USB do seu Mac. Em outra porta USB conecte o iPad (deixe o iTunes fechado).
  2. Observe que o app SixPairMac já reconhece o iPad e o controle (connected), clique no botão para parear com o iPad. Aparecerá a confirmação que o controle está pareado com o iPad. Desconecte o controle e o iPad das portas USB.
  3. No iPad, execute o emulador Snes9x EX, toque na opção Scan for PS3 Controller. A extensão BTstack é necessário, caso ainda não esteja instalado no seu iPad o emulador informa se deseja instalar, confirme. Você será levado ao Cydia para instalar a extensão. Nos ajustes do iPad, selecione BTstack. Haverá três opções: None (nenhum), iOS e BTstack. Primeiro toque na opção iOS (o bluetooth padrão do iPad será habilitado) e só depois toque na opção BTstack (o bluetooth “modificado” será habilitado para identificar o controle).
  4. Agora sim! No iPad volte ao emulador Snes9x EX, toque na opção Scan for PS3 Controller e em seguida pressione o botão “PS”, aquele bem no meio do controle. Caso não tenha conseguido de primeira repita o processo de tocar na opção Scan for PS3 Controller e em seguida pressione o botão “PS”. Quando conectado aparecerá a mensagem PS3 Gamepad 1 connected.

E para Windows? Também existe o app SixPair para Windows e não é complicado entender como parear o controle com o iPad, só exige mais atenção. O passo nº 3 em diante são idênticos tanto para Mac ou Windows. Portando, usuário Windows, vá a luta! No Mac felizmente é bem mais fácil ;-)

Quer melhorar ainda mais a experiência? Tem uma Apple TV ou um adaptador HDMI para ligar o iPad na TV? Se a resposta for positiva, sente no sofá e ligue a TV, faça de conta que seu iPad é seu console SNES e se sinta mais uma vez com 11 anos de idade. Nostálgico!

Cansado de jogar Donkey Kong no teclado do seu Mac? Liga o Bluetooth e usa o DualShock 3 do PlayStation

Sabe aquele bom emulador de video game 8-bit ou 16-bit que você adora e não se cansa de jogar Castlevania, Duck Tales, Super Mario Bros, Teenage Mutant Ninja Turtles, Golden Axe, Gunstar Heroes, Castle of Illusion, Mortal Kombat, Streets of Rage, Sonic the Hedgehog, Donkey Kong Country, F-Zero, Street Fighter II e tantos outros jogos de sucesso que fizeram e ainda fazem sua cabeça? Pois bem, chame seus amigos, ligue o notebook na HDMI da TV, habilite o bluetooth, conecte os controles e bom divertimento!

No meu teste utilizei um MacBook Pro com OS X Mountain Lion na versão 10.8.5. Não foi preciso o uso de nenhum aplicativo ou recurso de terceiro para sincronizar o controle ao Mac. Com uma rápida pesquisa verifiquei que PCs supridos com bluetooth também podem se beneficiar da regra. Não tem bluetooth no PC? Ainda dá pra utilizar o controle através de qualquer cabo USB Tipo A para Mini-B.

Para as configurações em PCs aconselho pesquisar e obter mais detalhes, parece que é preciso downloads de drivers, mas nada de outro mundo. Para sincronizar o controle ao Mac é só seguir os passos:

  1. Conecte o controle a uma porta USB do seu Mac utilizando um cabo Mini-B.
  2. Habilite o bluetooth do Mac em Preferencias do Sistema – Bluetooth.
  3. Perceba que o controle aparece na lista de dispositivos com o nome PLAYSTATION(R) 3 Controller com o status não conectado. Basta pressionar e segurar por 5 segundos o botão “PS”, aquele bem no meio do controle.
  4. Pronto! Assim que todas as luzes do controle começarem a piscar já pode desconectar da porta USB. Perceba que agora o status do dispositivo mudará para conectado.

OBS: Caso o controle não tenha sido localizado na lista, procure a opção de adicionar um novo dispositivo e repita o passo de pressionar e segurar por 5 segundos o botão “PS” no controle. Uma vez localizado, pode ser requerido senha para sincronização, digite 0000 e confirme.

Agora sim! Seu DualShock 3 configurado e pronto para ser usado em qualquer emulador ou jogo compatível na plataforma Mac.